Criolo - Espiral de Ilusão

R$ 115,00
ou R$ 109,25 no depósito
. Comprar  
Disco: M (novo e lacrado)

"Nas águas do mar eu vou me benzer, vou me banhar..."

Da imagem de capa do disco, trabalho que conta com a assinatura do designer gráfico e ilustrador paranaense Elifas Andreato, artista que já trabalhou com nomes como Chico Buarque (Ópera do Malandro), Martinho da Vila (A Rosa do Povo) e Paulinho da Viola (Nervos de Aço), passando pelo cuidado na composição dos arranjos, resultado da parceria entre os colaboradores Marcelo Cabral e Daniel Ganjaman, Criolo vai além de uma simples “homenagem”. Trata-se de uma obra que incorpora com originalidade e reverência diferentes aspectos do gênero.
 
Enquanto a batida do samba e o toque do cavaquinho deliciosamente transportam o ouvinte para dentro do trabalho, conceito reforçado logo na a inaugural Lá Vem Você, nos versos, Criolo brinca com a construção de um cenário diverso, sempre colorido e atual. Ao mesmo tempo em que dialoga com a periferia paulistana, caso do repente na derradeira Cria de Favela (“Eu vivo a sofrer / Criado em favela é melhor não mexer“), o artista aproveita para mergulhar na construção de diferentes personagens (Filha do Maneco), sentimentos confessos (Dilúvio de Solidão) e desilusões (Calçada) (...)

A busca por novas sonoridades e temas urbanos em nenhum momento interfere na poesia política produzida pelo rapper/cantor desde o primeiro álbum de estúdio, Ainda Há Tempo (2006). Terceira faixa do disco, Menino Mimado talvez seja o melhor exemplo disso. “Este abismo social requer atenção / Foco, força e fé, já falou meu irmão / Meninos mimados não podem reger a nação“, canta em uma clara provocação ao governo dominado por representantes políticos de pouco (ou nenhum) contato com a população. 

(Clebber Facchi - Miojoindie)
 
 
• Prazo para postagem:
Veja também